top of page
Search
  • Writer's pictureDenis Kalyshkin

Tips for startup founders to keep work-life balance


During the pandemic many people have faced stress and problems in their relationships. Unfortunately, this led to an increase in divorces. Founders are more at risk. I discussed with 10 entrepreneurs how they keep work-life balance. I am not a psychologist or a family counselor, so you should decide for yourself whether or not to use these tips. In my opinion, they sound reasonable.


As one entrepreneur with a master degree in physics said, to manage a particular variable, you first need to measure it. Imagine that your family relationships are like a bank account. If you constantly withdraw money from it, eventually the balance will be zero. If, on the other hand, you invest in your relationships, the amount in the account grows. He gave the following metric. If there are at least three positive emotions for every negative emotion or conflict with your spouse, then you invest in your relationships. Otherwise, you are borrowing from the account. Of course, it’s not a strict formula, but it will help you understand the current dynamics and allow you to take actions to improve your relationships.


Building a startup is a tough journey that requires a lot of effort, time, and nerves. Sometimes founders work without weekends. However, all the entrepreneurs I interviewed strictly follow the rule to spend weekends with their families. You can work as hard as you wish on weekdays, sometimes you can even do something on weekends, but it should not be the norm. For example, one of the founders worked 6 days a week bringing his startup from MVP to the first funding round for 18 months, but he spent Saturdays with the family.


If your startup is successful, then you will make your family rich. Your work is very important. However, you need to remind yourself that your spouse also has work, aspirations, and hobbies. You need to pay attention to that. I also heard this recommendation from most entrepreneurs. By the way, it applies equally to male and female founders. I know a couple where the wife is a C-level manager, and the husband is focused on taking care of their severely sick baby. It’s crucially important to negotiate properly so that everyone in your family feels comfortable.


One of the respondents also gave me an unusual idea. In general, only a tiny fraction of people become entrepreneurs. It is a kind of deviation from the norm. But it comes at a cost. You have some drawbacks, but you shouldn't reproach yourself. You just need to figure out how to live with them and how to compensate for them. For example, my daughter loves to draw unicorns and princesses. It’s not my favorite thing to do, but since it’s important for her I have to enjoy the process and smile.


Managing your family financial risks is also crucially important. The chances that your startup goes bankrupt are extremely high, especially at the pre-seed/seed stages. In addition to this, dramatic events like pandemics, financial crises, severe illnesses, or death of you or your beloved ones can suddenly happen. This is why it is important to have cash reserves for the darkest hours. Of course, VCs like when founders have skin in the game and invest their own money, but the $20-30k extra investment you do in your startup wouldn’t be a game changer. You’d better spare them for the future to deal with personal or business problems. Believe me you will have them for sure!


Last, but not the least. Do pleasant surprises for your beloved from time to time. It will give you precious moments to remember when you grow old. I hope these ideas will help you to build a successful business and live in harmony with your family!


 

Consejos para los fundadores de startups para mantener el equilibrio entre trabajo y vida

Durante la pandemia, muchas personas han enfrentado estrés y problemas en sus relaciones. Desafortunadamente, esto ha llevado a un aumento en los divorcios. Los fundadores están más en riesgo. Discutí con 10 emprendedores cómo mantienen el equilibrio entre trabajo y vida. No soy psicólogo ni consejero familiar, así que debes decidir por ti mismo si usar o no estos consejos. En mi opinión, parecen razonables.

Como dijo un emprendedor con un máster en física, para manejar una variable, primero debes medirla. Imagina que tus relaciones familiares son como una cuenta bancaria. Si constantemente retiras dinero de ella, eventualmente el saldo será cero. Por otro lado, si inviertes en tus relaciones, la cantidad en la cuenta crecerá. Él propuso la siguiente métrica. Si hay al menos tres emociones positivas por cada emoción negativa o conflicto con tu cónyuge, entonces estás invirtiendo en tus relaciones. De lo contrario, estás tomando prestado de la cuenta. Por supuesto, no es una fórmula estricta, pero te ayudará a entender la dinámica actual y te permitirá tomar medidas para mejorar tus relaciones.

Construir una startup es un viaje difícil que requiere mucho esfuerzo, tiempo y nervios. A veces los fundadores trabajan sin descanso los fines de semana. Sin embargo, todos los empresarios que entrevisté siguen estrictamente la regla de pasar los fines de semana con sus familias. Puedes trabajar tanto como quieras entre semana, a veces incluso los fines de semana, pero no debe ser la norma. Por ejemplo, uno de los fundadores trabajó 6 días a la semana durante 18 meses para llevar su startup desde un MVP hasta la primera ronda de financiamiento, pero pasaba los sábados con su familia.

Si tu startup tiene éxito, entonces harás a tu familia rica. Tu trabajo es muy importante. Sin embargo, debes recordarte que tu cónyuge también tiene trabajo, aspiraciones y pasatiempos. Necesitas prestar atención a eso. También escuché esta recomendación de la mayoría de los emprendedores. Por cierto, esto se aplica por igual a fundadores masculinos y femeninos. Conozco a una pareja donde la esposa es una ejecutiva de C-level y el esposo se dedica a cuidar a su bebé gravemente enfermo. Es fundamental negociar adecuadamente para que todos en tu familia se sientan cómodos.

Uno de los entrevistados también me dio una idea inusual. En general, solo una pequeña fracción de las personas se convierten en emprendedores. Es una especie de desviación de la norma. Pero tiene un costo. Tienes algunas desventajas, pero no deberías reprocharte. Solo necesitas descubrir cómo vivir con ellas y cómo compensarlas. Por ejemplo, a mi hija le encanta dibujar unicornios y princesas. No es lo que más me gusta hacer, pero como es importante para ella, tengo que disfrutar del proceso y sonreír.

Gestionar los riesgos financieros de tu familia también es muy importante. Las posibilidades de que tu startup quiebre son extremadamente altas, especialmente en las etapas pre-seed/seed. Además de esto, eventos dramáticos como pandemias, crisis financieras, enfermedades graves o la muerte tuya o de tus seres queridos pueden ocurrir repentinamente. Es por eso que es importante tener reservas de efectivo para las horas más oscuras. Por supuesto, a los VCs les gusta cuando los fundadores tienen "piel en el juego" e invierten su propio dinero, pero la inversión adicional de $20-30k que hagas en tu startup no cambiaría el juego. Es mejor guardarlos para el futuro y enfrentar problemas personales o empresariales. Créeme, ¡seguro que los tendrás!

Por último, pero no por eso menos importante. Haz sorpresas agradables a tu querida de vez en cuando. Te dará momentos preciosos para recordar cuando envejezcas. ¡Espero que estas ideas te ayuden a construir un negocio exitoso y vivir en armonía con tu familia!


 

Dicas para fundadores de startups manterem o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal

Durante a pandemia, muitas pessoas enfrentaram estresse e problemas em seus relacionamentos. Infelizmente, isso levou a um aumento nos divórcios. Os fundadores estão mais em risco. Com isso, conversei com 10 empreendedores sobre como eles mantêm o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. Eu não sou psicólogo ou conselheiro familiar, então você deve decidir por si mesmo se utilizar ou não essas dicas. Na minha opinião, elas parecem razoáveis.

Como disse um empreendedor com mestrado em física, se voce quiser controlar uma variável específica, primeiro voce precisa de medir ela. Imagine que seus relacionamentos familiares são como uma conta bancária. Se você sempre retira dinheiro dela, em algum momento o saldo será zero. Por outro lado, se você investe em seus relacionamentos, a quantidade na conta aumenta. Ele deu a seguinte métrica. Se houver pelo menos três emoções positivas para cada emoção negativa ou conflito com seu esposo ou esposa, você está investindo em seus relacionamentos. Caso contrário, você está pegando emprestado da conta. Claro, não é uma fórmula rígida, mas isso ajudará você a entender a dinâmica atual e permitirá que você tome medidas para melhorar seus relacionamentos.

Construir uma startup é uma jornada difícil que requer muito esforço, tempo e confiança. Às vezes, os fundadores trabalham sem descanso nos finais de semana. No entanto, todos os empreendedores que entrevistei seguem estritamente a regra de passar os finais de semana com suas famílias. Você pode trabalhar o quanto quiser durante a semana, às vezes até pode fazer algo nos finais de semana, mas isso não deve ser o normal. Por exemplo, um dos fundadores trabalhou 6 dias por semana, levando sua startup do MVP à primeira rodada de financiamento por 18 meses, mas ele passava os sábados com a família.

Se sua startup for bem-sucedida, você deixará sua família rica. Seu trabalho é muito importante. No entanto, você precisa se lembrar de que seu esposo ou esposa também possui trabalho, aspirações e hobbies. Você precisa prestar atenção nisso. Também ouvi essa recomendação da maioria dos empreendedores. Aliás, isso é tão importante para fundadoras quanto fundadores. Conheço um casal em que a esposa é gerente de nível executivo e o marido se dedica a cuidar do bebê deles que está bem doente. É extremamente importante negociar adequadamente para que todos em sua família se sintam confortáveis.

Um dos entrevistados também me deu uma ideia incomum. Em geral, apenas uma pequena fração das pessoas se torna empreendedora. É um tipo de pessoa que desvia do normal. Mas isso tem um custo. Você tem algumas desvantagens, mas não deveria se culpar. Você apenas precisa descobrir como conviver com elas e como compensá-las. Por exemplo, minha filha adora desenhar unicórnios e princesas. Não é a minha atividade favorita, mas como isso é importante para ela, tenho que aproveitar o processo e sorrir.

Gerenciar os riscos financeiros de sua família também é extremamente importante. As chances de sua startup falir são super altas, especialmente nas fases pré-seed/seed. Além disso, eventos dramáticos como pandemias, crises financeiras, doenças graves ou a morte sua ou de pessoas importantes na sua vida podem acontecer no meio do nada. Por isso, é importante ter reservas financeiras para os momentos mais difíceis. Claro, os investidores gostam quando os fundadores investem seu próprio dinheiro, mas o investimento adicional de $20-30 mil que você fizer em sua startup não faria grande diferença. É melhor guardá-los para o futuro, lidando com problemas pessoais ou empresariais. Acredite, você certamente terá alguns!

Por último, faça surpresas agradáveis para seu amado(a) de vez em quando. Isso lhe proporcionará momentos preciosos para lembrar quando você envelhecer. Espero que essas ideias te ajudem a construir um negócio bem-sucedido e a viver em harmonia com sua família!





93 views0 comments

Comments


Пост: Blog2_Post
bottom of page